segunda-feira, abril 03, 2006

De volta ao lar

Estranha sensação ao voltar para a universidade.Nada de fato mudou.Mudei.Senti saudade ao percorrer os caminhos extensamente percorridos e rever cada pedra e banco e prédio.Que dizer disso senão que sinto profundamente a falta daqueles pontos onde mantinha minhas certezas muito bem polidas,a língua afiando-se na lima dos debates.Desejo retornar em um ponto mais alto,desde já reconhecendo minha dívida com esse passado que ainda hoje anima alguns dos meus pensamentos.Voltar ao lar é entender o que antes parecia inescrutável porém familiar.É mergulhar nos prazeres antigos com uma nova pespectiva das coisas e aproveita-las como nunca.Rever os pátios ladrilhados tornou-me jovem sem obstante trazer-me a inocência.E se esta última jaz perdida no meio fio,que fique por lá que não faz-me a minima falta.
E depois outro prazer de muito tempo na cultura alemã:Música. Ouvi o que há tempos meus ouvidos não recebiam.Havia um grupo de música eletrônica,não do bate estaca,mas da vertente saida da escola de Viena (não a de equitação).Cismei entre as estrelas enquanto ouvia o murmurio distante de praias sonoras,deitei-me no colo das máquinas soberbas e voei naquelas paragens coloridas do monolito de 2001:Uma odisseia no espaço.Astronauta de mim perdi-me nas sensações como um epicurista.Saudade e renovação reuniram-se despertando pertencimentos,acolhidas.Saí tarde da noite,contente com a experiência.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home