quarta-feira, março 01, 2006

Carnavalescas I

Carnavalescas I ou a chatice colorida. Traseiros em demasia entediam. Tantas bundas viajando na velocidade da luz diretamente para a tela da televisão: bundas morenas,brancas,fêmeas ou musculosas,cheias de glitter,suadas,dançantes...bundas que tem como adorno pessoas absolutamente irrelevantes - no sentido que são desse modo para o resto do universo que nem se preocupa com a humanidade. Bundas que brigam feio pelo momento de aparecer e ganhar seus efêmeros 15 minutos de abundância artistica. O Brasil já é o maior espetáculo da terra sem as punjanças carnudas da Sapucaí. Espetáculo de estultice.
Lulex I-O magnânimo, criará uma taxa de U$2,00 sobre passagens de vôo internacional afim de alimentar os países pobres e comprar medicamentos anti HIV.Junto à França e outros caridosos com má consciência vai enviar mais dinheiro para os notáveis proto ditadores da África,igualzinho a ONU. Investirá mais dinheiro em economias fajutas e instituições oligárquicas. A ONU vem fazendo o mesmo há anos seguidos injetando dólares e travando as economias locais.Pra que comprar um tecido feito em Botsuana,se a ONU te dá uma camisa? Pra que uma democracia se a ONU insiste em alimentar politicos corruptos cuja natureza escorpiana desvia boa parte dos recursos para contas no exterior e outras mordomias? Lulex I já perdoou dívidas e chorou em masmorras. Teve o corpo fechado num ritual Vudu. Só o Pica pau estava certo:"Vudu é pra jacu".
E as luletes aos poucos vão mostrando as caras. Dirrrceu vai ao STF para recuperar o mandato. Na campanha eleitoral inaugurada pelo Rei e a midia ridícula os gansinhos começam a mudar de penas e bater as asas. Onde estará Genoíno e seu irmão Guimarães (este absolvido pela assembleia estadual do Ceará)? Certamente tecendo novas e coloridas cuecas para cobrir as largas bundas do partido. Quietinhos vão urdindo seus esquemas para os próximos 4 anos de reinado do inominável.
O carnaval é bem isso: Gente humilde que não me dá a minima vontade de chorar.Ao menos realizam um trabalho de orquestração comunitária,um sentimento de pertencer ao grupo. Passam o ano dando tratos a bola,imaginando modos para diferenciar sua "escola" da outra. Os entendidos (e há gente profundamente conhecedora) afirmam existir diferenças entre essas "escolas". Olhando pela tv não vejo alguma.Deve ser a curvatura da tela. O desfile passa e numa tarde alguma será campeã de alguma coisa. E voltam a pensar como fazer diferente no reino do igual. A politica brasileira,perdoem-me a nada Weberiana tese,vai no mesmo estilo. Partidos tentando se diferenciar uns dos outros (e existem os que afirmam categoricamente a diferença),gente vestindo plumas em meio a ruína ética e a tv mostrando uma sucessão de nulidades. Porém o mal maior está no retorno da camarilha.Tome-se um dramim antes de votar.
E parafrasendo Oscar Wild:O PT é um leproso vestido de roxo.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home